sexta-feira, 18 de agosto de 2006

Republicando – mais uma poesia minha

Meus poemas
não se enquadram em formalidades
Minha métrica
não é nada ortodoxa
Meus poemas
são apenas idéias
medidas na minha (in)consciência
Meus versos
são meras versões
de mim mesma...

5 comentários:

caqui chocolate disse...

uau dinha, assim tb vc já está esnobando, profissional, mãezona, guerreira e agora poetisa!!!
beijão

Isabella disse...

Dinha, adorei! Principalmente a parte dos versos que são versões de você mesma. Lindo, perfeito... Beijo, querida!

Claudia disse...

Lindo!!
Bom saber que foi tudo bem no exame do Caio.
Bjs

Alessandra disse...

Oi Dinha !!
Obrigada pelas mensagens e pela visita lá na casinha !!
Queria saber noticias do exame do Caio, nem vou tentar ler lá no LV pq devo estar com umas 200 páginas atrasadas ...
Me manda por email ?
E de resto, tudo bem com seus principes ?
Beijos
Alessandra

Flávia disse...

Ei Dinha!
Muito bonito seu poema! quantos dotes, hein? rsrs.
Espero que tudo corra bem em relação ao resultado do exame do Caio.
Beijos!