segunda-feira, 29 de junho de 2009

Amor Além da Vida

Desde a morte do menino João Hélio (alguém lembra? ou alguém conseguiu esquecer?), Yuri começou a buscar melhor o entendimento da morte em si.
Depois, tivemos a triste experiência com o Scott.
Morte deixou de simplesmente não ver mais e morar no céu.
Ele cada vez perguntava mais e mais.


Agora de novo. Morre Michael Jackson. E Yuri precisa saber...


"Mãe, quando a gente morre a gente não sente mais nada?"
"Quando a gente morre a gente não pode mais ver ninguém?"
"Mãe, a gente pode nascer de novo?"
"Eu posso ser sempre teu filho, se tiver outras vidas?"


Tento não impôr minhas crenças a meu filho como absolutas.

Mas respondi que algumas doutrinas acreditam que sim, existe vida após a morte. Sim, podemos ver e sentir. Sim, podemos nascer de novo e nos reencontrarmos, ainda que de formas diferentes.
E lhe ofereci para assistir ao filme Amor Além da Vida.


Vimos hoje. Juntos.
Sempre me emociono com este filme.
E fiquei ainda mais emocionada ao ver Yuri tão interessado, tão atento ao filme. Ele sacou quem era quem com uma sagacidade. Entendeu super bem a mensagem do filme.


E me revelou ao final, que sim, vai sempre me escolher para ser sua mãe.

Eu não sei exatamente como as coisas são, meu Yuri.
Mas sim, também te amo para sempre e sempre vou estar contigo e com teu irmão, meus amores maior do que a própria vida.

2 comentários:

Paula Salomão disse...

Dinha, querida!

Este filme é realmente lindo, foi um ótim escolha para Deixá-lo tirar suas próprias conclusões sobre este assunto.

Você é muito especial! Te adoro!!!
Beijão

Karla disse...

Me emocinei...
Como espírita, me sinto confortada ao saber que estamos aqui de passagem e que um dia verei meus entes queridos... ao mesmo tempo me preocupo em tentar evoluir ao máximo, ajudar o próximo, ter pasciência.... estamos em um mundo de provas e espiações e damos conta do recado. Não estamos sozinhos nunca... tem gente lá em cima e gente aqui em baixo ao nosso lado, torcendo pela gente. Eu torço muito por vc, pelo Caio, pelo Yuri! Acho sua família linda! Beijokas!