quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Uma força que sei de onde vem

Eu vi um menino correndo
eu vi o tempo brincando ao redor
do caminho daquele menino,
eu pus os meus pés no riacho.
E acho que nunca os tirei.
O sol ainda brilha na estrada que eu nunca passei.
Eu vi a mulher preparando outra pessoa
O tempo parou pra eu olhar para aquela barriga.
A vida é amiga da arte
É a parte que o sol me ensinou.
O sol que atravessa essa estrada que nunca passou.

Por isso uma força me leva a cantar,
por isso essa força estranha no ar.
Por isso é que eu canto, não posso parar.
Por isso essa voz tamanha.


Eu vi muitos cabelos brancos
na fronte do artista
o tempo não pára
no entanto ele nunca envelhece.
Aquele que conhece o jogo,
o jogo das coisas que são.
É o sol, é o tempo, é a estrada, é o pé e é o chão.

Eu vi muitos homens brigando.
Ouvi seus gritos
Estive no fundo de cada vontade encoberta,
é a coisa mais certa de todas as coisas.
Não vale um caminho sob o sol.
É o sol sobre a estrada, é o sol sobre a estrada, é o sol.

Por isso uma força me leva a cantar,
por isso essa força estranha no ar.
Por isso é que eu canto, não posso parar.
Por isso essa voz tamanha.

(Força Estranha - Caetano Veloso)

5 comentários:

Nalu disse...

Dinha, eu amo essa música. Fico arrepiada toda vez que ouço. E agora lendo ela aqui, fiquei com os olhos marejados. Beijos. E fico muito feliz pelo seu caminhao estar povoado de anjos. Vc sabe, a gente atrai o que vibra de acordo com a gente né? Tá vendo sua vibração que linda?

Anônimo disse...

Olá, Dinha. Encontrei seu blog por acaso e me encantei com seu filhinho.

Pergunte para a fonoaudióloga do Caio se ela conhece o Método Padovan (reorganização neurofuncional), da fonoaudióloga Beatriz Padovan. É muito interessante. Apesar de geralmente ser utilizado por fonoaudiólogos (alguns fisioterapeutas também usam o método), produz benefícios em todas as áreas. Tenho um filho com problema neuro-psiquiátrico (tiques nervosos) e um irmão com hemiplegia, ambos se tratando com esse método há poucos meses, com resultados surpreendentes. Se você pesquisar na internet certamente vai encontrar algum material.

Um abraço e tudo de bom para vocês!

Andréa.

Mãe de dois disse...

amo , esta musica , e pitacando no seu recado acima , tb te pergunto se conhece o metodo padovam , sou fono - no momento só mãe , mais acho que seria ótimo pro Caito, tenho algum material sobre o metódo se quiser te passo. Bj

disse...

Linda demais essa música, tudo a ver com o momento! Amei! Como amo tudo que vc escreve. Como aliás, amo essa família...Bjão

Val disse...

O olhar do Caio não tem preço... esta música caiu como uma luva. bjs