quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Um novo anjo para Caio

Existem os momentos de revolta e indignação, em que questiono os maus profissionais que cruzaram meu caminho e do Caio, transmutando nossos destinos. Mas, buscando ver a metade cheia do copo, agradeço os anjos enviados por Deus para cuidar dele. Já falei da Jaque, a pediatra; da Fabi, a neuro e a mais recente, a anja Daniela, a nutricionista que colocou nosso menino na curva do peso adequado à idade, após 2 anos com ele sempre abaixo da linha vermelha. Anjos porque vão muito além da relação médico-paciente, ou resgatam nela a sua essência. De um ser humano ajudando outro. De olhar além de um exame ou laudo para definir um diagnóstico. De auxiliar, mesmo que fora de sua especialidade médica.

E assim, o Pai, em sua generosidade, nos enviou a fonoaudióloga Dra. Rosana. Foi uma longa espera até conseguirmos uma bolsa para este tratamento. Mas, dentro da minha crença, veio na hora e especialmente com a pessoa certa.

A dra. Rosana tem uma filha de um ano e meio em condições neurológicas muito semelhantes às do Caio. E como profissional da área da saúde, nos abre um mundo de possibilidades para ampliar as chances de reabilitação de meu filho. Através dela, conseguimos a goteira via SUS, algo que por meios particulares seria inviável pra nosso orçamento. Também partiu dela a possibilidade do Caio começar a utilizar o parapódium. Ela tem nos ensinado muitas coisas. Brincadeiras sensoriais, uso criativo de objetos relativamente baratos mas que se tornam instrumento de estímulo. Dela, partiu a sugestão de uma nova brincadeira que o Caio tem amado - a piscina de bolinhas! Não temos como comprar? A dra. Rosana nos indica como adaptar uma piscina plástica e onde comprar a um ótimo preço, um cento de bolinhas.

Era pra ela ser responsável pelo estímulo da fala e da deglutição. Mas em pouco menos de dois meses, já aprendemos muito sobre estimulação visual, sensorial, cognitiva, motora. O desenvolvimento do raciocínio do Caio, por exemplo, é visível.

Quando penso nos desígnios que tanto acredito, só posso mesmo crer que nenhuma folha cai sem o conssentimento de Deus. E não é a toa que esses anjos são destinados ao meu guerreiro. Um menino abençoado desde sempre.

3 comentários:

Dani S disse...

Os sinais, minha querida, Os sinais. Amor. Sempre.

Val disse...

Que bom que Deus te envia sempre seus anjos..

Anônimo disse...

Que delícia de notícia!
Fico imensamente feliz por vocês!

Beijos

Lili