terça-feira, 10 de abril de 2007

Família crescendo

Costumo dizer que eu não posso ver nem filhote de cachorro nem de gente que logo quero ter mais um. Por essas e outras que nossa família ganhou no domingo, um novo membro: o Scott. Na verdade, ele é meu neto, filho do meu filho-cocker Ninho. Mas é também, o novo mano do Caio e do Yuri. Olhem só que fofura... não é a minha cara?

36 dias de puro mimo

O Caio se grudou - literalmente - no novo mano

E o Yuri fala com ele: "vem com o paizinho"...

Mano, filho, neto... desse jeito, logo logo o Scott vai precisar de ajuda da psicanálise freudiana...

6 comentários:

Claudia Medeiros disse...

Ai Dinha, que lindo esse seu "filhinho". Dê um beijinho nele por mim.

Chris, mãe da Cecília disse...

Ah, Dinha, que coisa mais fofa!!! Adoro filhotes, também rssss
Beijos em todos

Isabella disse...

Aaaaai, que fofo, Dinha! Eu tenho loucura por cachorros. Beijo grande.

Grilinha disse...

Ai, ai...sou doida por cachorrinhos...se eles ficassem sempre dessa maneira acho que teria meia dúzia. Beijinhos com uma pontinha de inveja (ainda não tive coragem de dar esse passo...) Beijokas

Bárbara disse...

Que coisa mais linda!!! Adoro cachorros e tbm sou como vc não posso ver filhotes nem de cachorro nem de gente que eu quero um tbm.
Que ele traga muito mais felicidade pra essa família que eu amo tanto.
Beijos

Flávia disse...

Dinha, essa é minha 2ª tentativa de comentar seu lindo post!
OLha, achei simplesmente AMEI a foto do Caio agarradinho ao mais novo membro da família, que por sinal é moooito fofo. O Caio ficou lindo demais! Benza Deus!
Beijocas.