segunda-feira, 1 de janeiro de 2007

Retrospectiva 2006

Num primeiro momento, chego a pensar que 2006 foi um ano sofrido, cheio de angústias e provações. Mas olhando de bem de perto, não foi assim. 2005, esse sim, posso dizer que foi o ano da minha vida, em se tratando de obstáculos e dificuldades (e espero que assim se mantenha, que nenhum outro venha a superá-lo). Agora, durante sua reta final, olhei para 2006 com carinho. Foi um ano com seus altos e baixos, claro. Mas foi o ano da consolidação, humilde e paciente, de muitas lutas. O saldo está sendo muito generoso.

Minha família segue unida, meu casamento ainda vive momentos de carinho, cumplicidade e companheirismo (e 14 anos depois, isso é tão importante!). Meus filhos crescem lindos, como flores que estão desabrochando para o mundo.

O Yuri está finalmente perdendo seus dentes superiores, sonho de consumo para entrar numa etapa “mais adulta” de sua vida. Inicia a 1ª série do Ensino Fundamental ano que vem, já lê e escreve tudo com destreza, e, o que é melhor: consegui uma bolsa de estudos integral para ele se manter na mesma escola que freqüenta há 3 anos. Como irmão mais velho, venceu o ciúme e hoje é o grande incentivador e defensor do Caio. É uma criança afetuosa e generosa e nos orgulhamos dele.

O Caio, sempre com a imunidade oscilante, mas cada dia mais participativo e atento. Mostra suas preferências e cada vez mais atesta que os problemas neurológicos não lhe afetaram o cognitivo. É doce, amoroso e bem-humorado. Ano passado, uns dias antes desta data, estávamos temerosos pela possibilidade de uma nova cirurgia craniana. Hoje, nosso caçula segue derrubando prognósticos ruins e nos dando a esperança de um futuro sempre melhor.

Eu mesma, sempre com o orçamento apertado para dar conta de dois filhos, cheguei a ser demitida em setembro. Fiquei triste e com medo de dificuldades futuras. Durante o cumprimento do aviso prévio, meu chefe “mudou” de idéia. E neste final de ano, mudou ainda mais: acabei de ser promovida para um cargo de chefia junto ao meu departamento com um importante acréscimo salarial.

Então, mais do que nunca, inicio 2007 com motivação e esperança. Vai sim, ser um ano bom. Meus filhos vão crescer cada vez mais sadios e felizes. Meu casamento, que já superou tanta crise, só se fortalecerá. Eu hei de encontrar, finalmente, o reconhecimento profissional que procuro e (sem falsa modéstia) mereço. E teremos, finalmente, nosso lar, doce lar.

Dizem que acreditar num sonho é 50% do caminho para realizá-lo. Pois então, acredito nos meus sonhos e darei tudo de mim para fazer acontecer os outros 50%.

Seja bem-vindo 2007! Que nos traga a realização de nossas mais desvairadas esperanças. Ou ao menos, nos dê a força para que as saibamos manter vivas, independente de eventuais obstáculos.

P.S. Escrevi este texto antes de sair de férias. Que não foram exatamente como sonhei. O Caio teve duas novas infecções, o que adiou nossos planos de viajar. Mas ele termina o ano bem, se recuperando com a garra de sempre. Durante os festejos da meia-noite fiz as tradicionais simpatias e pedidos para o ano que está começando. Mas se tivesse que sintetizar tudo num só desejo, sei bem o que pedir para mim, minha família, minhas amigas, meus afetos e, claro, especialmente meus filhos: “saúde pra dar e vender”. Feliz Ano Novo!

5 comentários:

Kathia disse...

Oi Dinha !!
Sou a Kathia do LV e estou aqui na sua nova casa pra conhecer um pouco mais da sua linda história.
Que 2007 seja um ano cheio de saúde para vc e seus filhos.Muita paz pra todos!Um grande beijo,

Roseh disse...

Dinha, Feliz Ano Novo, tudo de bom nesse ano de 2007. Que teus sonhos se realizem e que seu guerreiro Caio mantenha-se firme e forte e mostre por que é chamado de GUERREIRO, que seu príncipe Yuri seja muito feliz na vida 'quase adulta' dele na 1º série. Enfim, eu torço muito por você. Queria te dar um abraço bem apertado, mas infelizmente não é possível, então te mando os meus melhores pensamentos!

Isabella disse...

Dinha, feliz Ano Novo para todos vocês também, viu? Melhoras para o Caio e parabéns pela tão merecida promoção! Um grande beijo!

Chris, mãe da Cecília disse...

Dinha,
só posso lhe desejar que 2007 seja absolutamente tudo o que ficou faltando em 2006!!!
Muita saúde e paz para todos!

Beijos enormes

vanessa disse...

Dinha

Como sempre você nos escrevendo palavras tão encantadoras, que nos servem de força e coragem pra encaramos os nossos obstáculos que perto dos seus parecem tão pequenos.
Que o próximo ano te traga coisas ainda melhores, muita força, saúde e muitas alegrias pro caio e pro yuri também.
bjs