segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

O sal, o copo e o lago

Recebi hoje um email com essa mensagem. Linda e oportuna.
É o que tenho tentado fazer da minha vida...


ONDE VOCÊ COLOCA O SAL?

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo com água e bebesse.
Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
Ruim - disse o aprendiz.

O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.
Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago.
Então o velho disse:

- Beba um pouco dessa água.
Enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou:
- Qual é o gosto?
- Bom! disse o rapaz.
- Você sente o gosto do sal? perguntou o Mestre.
- Não... -disse o jovem.

O Mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:

- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta. É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu.

Em outras palavras: É deixar de ser Copo para tornar-se um Lago.

Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos.

3 comentários:

Eva disse...

Querida, como está nosso guerreiro? Já voltou para casa?
Por favor, dê notícias.
Um abraço apertado em cada um de vocês.

Chris, mãe da Cecília disse...

Dinha, muito lindo este texto...
Muitos beijos e força para vocês!

Beijos,
Chris

disse...

Dinha, adorei o texto. Ele fala muito sobre a forma como você encara a sua vida, forma essa que faz com que eu seja sua fã incondicional. Bjs queridona. Em você e nos seus lindos filhos