sexta-feira, 25 de abril de 2008

Daqui pra frente

E o aniversário dos meus meninos já está chegando de novo... faltam somente 22 dias.

Ano passado fiquei muito deprimida na semana que antecedeu a data. Relembrei dores e medos vividos na minha internação no Centro Obstétrico. Chorei muito porque jamais imaginava celebrar o segundo aniversário do Caio com ele em meus braços, sem saber andar. Por mais que eu soubesse das vitórias e da superação, foi muito difícil.

Este ano não será assim. Tenho me trabalhado muito pra conquistar uma almejada serenidade. Não quero mais chorar pelo leite derramado, literalmente. Começo a aprender que medos e inseguranças sempre existirão, com o Caio e com o Yuri também, porque faz parte de pelo menos 90% dos corações maternos. E o meu está dentro desta maioria.

Tenho sido a melhor mãe que posso, para os dois. Com falhas e tropeços, mas me dôo intensamente. E ambos têm me dado suas melhores respostas, sei disso. Quero poder pesar na balança somente as grandiosas (ou nem tanto assim) conquistas.

- A imunidade do Caio está 100%. Fechamos 8 meses sem otite, sem antibiótico.
- A cada dia que passa ele se mostra uma criança que tem pleno entendimento do mundo e das pessoas ao seu redor. Vide que tem pegado gosto por assistir filmes com a gente.
- Tem se esforçado muito para falar e provavelmente conseguiremos iniciar uma fonoterapia ainda neste mês.
- O mesmo esforço é visível em seus movimentos. Pra sentar, com as pernas em movimento, para pegar objetos. A coluna ainda não ajuda. Mas quando ela quiser funcionar, vai dar tudo certo!
- O tratamento nutricional é um sucesso! Caio deixou de ter cólicas e eu pude dar adeus aos intermináveis frascos de Luftal. Ele está comendo como não o fazia nos últimos dois anos. Ainda não o pesamos, mas o corpinho começa a tomar outras formas, mais arredondadas.
- Na carona de uma nutrição que tem lhe feito bem, ele a cada dia fica mais bem humorado e ativo. A sonolência causada pelos anticonvulsivantes é coisa do passado.

Enfim, tô naquela onda de quem gosta de passado é museu. Temos partes sofridas que fazem parte de nossa história, mas são passado. Não podemos mudar, foi assim. Podemos transformar o que está por vir. E tenho certeza que muita coisa bacana está chegando.

Já conto pra todo mundo. Ano que vem Caio vai estar caminhando, em sua festa de 4 anos. Mas se não estiver, não vou perder o sono por isso. Sei que receberemos tudo o que merecemos, no tempo em que Ele achar justo. O que vale é seguir acreditando, como cantarolava o Rei, que "daqui pra frente, tudo vai ser diferente".

8 comentários:

Ana disse...

Dinha, querida..
Sinto uma falta tremenda de comentar por aqui. Sempre passo no seu blog, sempre leio, mas nunca consigo deixar nenhum comentário, nenhuma mensagem.
Bem, acho que o aniversário dos meninos merece uma baita comemoração mesmo porque ele é a pura demonstração da vitória de vcs, da vitória do amor e da luta. Tudo bem. O Caio ainda não anda.
Mas Dinha, quantas vitórias ele teve? Quantas dificuldades ele superou?
Então, querida, acho que é isso que fica, né?
Lógico que andar é importante, mas frente a todas as dificuldades que ele já superou, ele merece uma festa cheia de alegria..
E o Yuri, esse seu companheirão, também merece uma mãe alegre ao lado..
Beijão..
E como eu queria ir..affff...

Claudia disse...

Dinha, minha querida, essa época é de festa, de comemorar todas as vitórias (que são muitas!), eu sei que as lembranças tristes nunca sairão da sua mente, mas é preciso se concentrar em tudo de positivo que foi feito, em todas as lutas travadas e cantar parabéns com gosto, porque vcs merecem! Parabéns! Beijos

Alessandra disse...

Dinha, como eu queria poder estar aí e abraçar todos vocês pessoalmente. E poder comemorar todas as vitorias do Caio e conquistas do Yuri nesse ano que passou. E celebar tambem as muitas bençãos que serão derramadas sobre vocês nesse proximo ano !
Beijos

Bianca disse...

Dinha, tô contigo e não abro!!! E não vejo mal algum em vc.já comemorar que Caito estará andando em seu próximo niver!!! A nossa mente faz milagres, amada!!! Um beijão em vcs todos!!

Renata disse...

Sabe que eu lembrei agora do seu post contando do Caio sentando pela primeira vez, foi tão lindo e emocionante e tenho certeza que não vai demorar a vir o posto mostrando os primeiros passinhos dele!!!

E você "É A MELHOR MÃE DO MUNDO"!!!
beijos,

Grilinha disse...

Temos muitas coisas em comum, Claudia.

E quando olho para ti, vejo o positivo que há em mim...

Outra maneira de estar na vida , não é connosco !

Beijos AMIGOS e bons preparativos !

Carol disse...

Dinha, muitas saudades de passar por aqui. Não é falta de vontade, é pura falta de tempo mesmo! Logo que consegui uma brechinha, vim correndo...
Quero que saiba que tenho imensa admiração por vc, por sua história, pela pessoa maravilhosa e abençoada que é. Pela força, pela garra, pelo exemplo de vida.
Vc tem um lugarzinho muito especial aqui dentro, viu?
Espero poder conhecêla pessoalmente entre os dias 04 e 07.06 quando estaremos em POA.
Bjkas e tenho certeza de que a festinha será um sucesso!

Andressa disse...

Dinha,

Sempre me sinto pequena quando venho aqui. Pequena diante de tanto amor, dedicação, abnegação.
Sua força é impressionante.
Sei que há momentos de gfraquezas. Ninguém é de ferro, não é mesmo?
as seu amor transborda pela tela do computador, é maravilhoso de ver.
Muito bom participar da sua vida, meso que virtualmente.
Grande beijo