segunda-feira, 25 de junho de 2007

Introspecção

Ando olhando bastante pro meu próprio umbigo. Relendo minha história de vida, desde as mais remotas lembranças da minha infância. Revivendo memórias afetivas alegres e outras nem tanto. Tentando limpar as mágoas, trabalhá-las melhor dentro de mim.
Não é um processo fácil. Às vezes, esbarro no confronto entre os sonhos que tive e a realidade em que se transformaram.
Rever a própria história de vida pode acarretar num misto de orgulho e frustração. As dores são revividas, assim como os momentos felizes.
Bateu uma saudade imensa do meu irmão, de nossa infância, da cumplicidade que cresceu com a gente.
Meus últimos dias foram sofridos, angustiantes.
E somou ainda uma forte decisão que tomei recentemente. Eu penso estar forte. Alguns trâmites necessários para colocar esta minha decisão em prática me provaram que não é bem assim. O que é dor, sempre dói.
Mas quem me conhece, sabe (e eu estou aprendendo a saber também). Eu desço sim, mas sempre consigo voltar pra cima, onde a luz me alcança e fortalece.

Esta semana também me fez sofrer a dor de uma amiga querida. Mas como tudo na vida nos traz lições, o acontecimento me fez resgatar um livreto que gosto muito - Meditando com os anjos. À ela, dediquei um anjo. Hoje, dedico um pra mim também e pra quem mais estiver precisando.

O ANJO DA CORAGEM

Agir com o coração. Toda ação que é inspirada por um centro de verdadeiro amor traz consigo firmeza e segurança inabaláveis. Ser corajoso é saber que o medo não oferece resistência ao amor.

Meu coração está aberto e pleno de coragem. Minha força é ser capaz de ser eu mesmo todo o tempo. A vitória pode não ser, mas a luta, esta com certeza, é minha.

10 comentários:

Grilinha disse...

Só me apetece dizer: Eu compreendo-te !
De que maneira...

Amiga, passo por fases iguais, mas agora cada vez menos. Sei que a vida quis algo muito diferente para mim e tenho um papel a desempenhar neste mundo, duro, mas sinto-me ESSENCIAL ! Amo demais a vida, pois este papel de mãe um pouco especial, me faz desejar subir esta montanha e escalar cada dia um pouco mais. A paisagem lá de cima, vai ser muito linda. E eu sei que irás lá ter comigo. Um beijinho introspectivo.

Kathia disse...

Tem um verso do Mário Quintana que diz: "Eu venho sempre à tona de todos os naufrágios".
Esse verso te diz algo ?

Bianca disse...

Dinha,qualquer que seja a sua decisão, espero que vc. esteja sempre bem, torço para vc muuuito!!! Amo-te, beijocas ps: amei a oração!!

Eva disse...

Dinha, eu não sei qual a decisão que está tomando mas tenho certeza que será a melhor a se tomar porque você é um exemplo de sabedoria.
Beijos

Greice disse...

Dinha, nem sei o que dizer pra alguém que escreve tão lindamente como você. Qualquer coisa que eu te diga vai parecer superficial, então tudo que eu preciso falar é que continuo rezando por vocês, e não tenho dúvidae que você sempre volta pra luz, ainda mais iluminada, e iluminando também as nossas vidas.
beijos!

Daniela disse...

Dinha, muita força pra vc nessa luta. Seu post tá lindo e reflete a tua beleza.
Tudo há de terminar bem...
Beijo...
PS. O que é essa fofura dormindo aí embaixo? Coisa mais gostosa, gente!

Flávia disse...

Dinha, te desejo muita força pra passar por essa fase de cabeça erguida; Muitos beijos pra você!

Chris, mãe da Cecília disse...

Dinha, querida, já disseram tudo - e mais do que eu tinha em mente, então deixo aqui meu beijo e pensamentos super positivos, rezando para que você tenha muita luz em sua decisão!
Beijos

Nalu disse...

Dinha, que post bonito...Adorei o poema que a Kathia colocou ai em cima e acho que se parece muito com você, tem a tônica do seu post, de semre renascer. E que delícia esse garotão dormindo ai embaixo heim? Obrigada pela visita no meu blog. Beijos.

rose disse...

Dinha, adorei o anjo que me dedicaste e este também... Sei que posso contar contigo e venho aqui te dizer que a recíproca é verdadeira, que eu amo e admiro você e essa família linda que você tem. Você sairá desta fase ainda melhor, e mais segura...
Beijos grandes